á Busca Avanšada
Arte Agora! Em 5 Entrevistas
ESGOTADO

Editora: Alameda
Autor: Hans Ulrich Obrist
P?ginas: 117
PRAZO DE ENTREGA:

 
Produto esgotado.



SINOPSE:

Um registro da história do nosso tempo
Uma inesquecível e enigmática surpresa em cinco entrevistas

O curador suíço Hans Obrist é um homem fascinado por arte, conversas, trocas e pela energia e delicadeza que podem surgir quando alguém encontra alguém, e dessa circunstância nasce um acontecimento especial. E é isso que o autor apresenta neste livro, em entrevistas com cinco dos mais importantes artistas plásticos contemporâneos: Matthew Barney, Maurizio Cattelan, Olafur Eliasson, Cildo Meireles e Rirkrit Tiravanija – nomes que de diferentes maneiram promoveram a recuperação do artista como agente político, em incessante diálogo com a história da arte e em permanente conflito com o poderoso circuito composto pelo mercado, por museus e instituições de toda ordem.

Aqui, não se trata apenas de entrevistas com artistas e arquitetos de nossa geração, Hans Ulrich Obrist tenta prosseguir naquilo que o historiador britânico Eric Hobsbawm chamou de “protesto contra o esquecimento”. Em suas entrevistas, o autor tenta preservar traços de saber, a inteligência dos últimos 50 anos, procurando resistir ao esquecimento sistemático. “Resistir a esse esquecimento é parte essencial dos livros de entrevista”, afirma Obrist.

Mas, além, da arte e sua situação agora, Hans Ulrich Obrist mostra curiosas, engraçadas, violentas e sempre fascinantes visões sobre o mundo, o homem, a sociedade, a humanidade e seu destino. A cada encontro, uma inesquecível e enigmática surpresa. Este é, afinal, um livro de conversas, em que a idéia primordial é registrar a história de nosso tempo.

O autor: Hans Ulrish Obrist (Suíça, 1968) vive e trabalha em Londres. Ele é co-editor de exposições e diretor para projetos internacionais na Serpentine Gallery. Obrist trabalhou com diferentes instituições e projetos, e realizou mais de 90 exposições como curador, entre elas Do it (1994), Iª Bienal de Berlim (1998), Retrace Your Steps: Remember Tomorrow (Sir John Soane’s Museum, Londres 1999-2000) e Utopia Station (50ª Bienal de Veneza, 2003).