Busca Avançada
Conflitos Internacionais Num Mundo Globalizado
ESGOTADO

Editora: Alfa-Omega
Autor: José Reinaldo Carvalho e Lejeune Mato Grosso de Carvalho
Páginas: 341
PRAZO DE ENTREGA:

 
Produto esgotado.



SINOPSE:

Não é de hoje que se diz que com o fim da “guerra fria” o mundo entrou em uma “guerra quente”, pois nunca se viu tantos conflitos, guerras regionais, conflitos tribais e étnicos e ataques de potências imperialistas a países subdesenvolvidos como se tem visto desde 1991.

O livro que apresentamos trata desses conflitos. Dentre as grandes e principais guerras e revoluções que ocorreram no mundo na última década nenhuma fora deixada de lado pelos autores. Mas não é só isso. É um livro atualizado sobre política internacional, situado mais especificamente no ano de 2002 e início de 2003. Neste período são tratados com o maior destaque, com riqueza de informações, dados e análises sob uma ótica revolucionária e marxista, a luta dos palestinos em busca de seu Estado nacional; o massacre americano ao povo do Afeganistão; a iminente guerra contra a nação árabe do Iraque. Um dos maiores destaques da obra é a análise da crise na Venezuela, com os golpistas tentando derrubar o presidente constitucional e a questão da Alca e suas implicações para todo o continente latino-americano. Há também um capítulo especial dedicado à análise da hegemonia americana. No campo da teoria, um capítulo foi dedicado à questão da atualidade da luta pelo socialismo.

No ano de 2003, que começou com várias ameaças de conflitos, que poderá envolver até a Península Coreana, este livro ajudará aos leitores interessados e apaixonados pela política internacional a esclarecer dúvidas. Os autores, estudiosos e especialistas no assunto há mais de 20 anos, fazem uma análise da situação internacional utilizando-se para isso do instrumental teórico do marxismo, o que os diferencia da maioria dos analistas existentes.

A Editora Alfa Omega, que completa 30 anos em 2003 com mais de 500 títulos publicados, oferece aos estudantes, políticos, pesquisadores e profissionais das áreas de Ciências Sociais, Relações Internacionais e Sociologia, além de operadores da área do Direito Internacional mais este título, esperando com isso também dar a sua contribuição para esse debate.